Home Quem somos Eventos Cadastre-se Promoções Anuncie Fale conosco  
 
Pesquisa
Matérias
Serviços
Parceiros










Matérias
 
Empreendedorismo




Redes sociais para encontrar fundadores para um negócio

Por Thiago Cid


Qualquer pessoa do meio empreendedor afirma com segurança que um dos pontos mais críticos de uma startup é formar o time ideal de fundadores. Suas capacidades, talentos e até personalidades devem se completar de modo a atender todas as exigências de conhecimento de que o negócio precisa para ser bem-sucedido. Mas e quando aquela alma gêmea dos negócios não aparece? A dificuldade de muitos empreendedores se tornou oportunidade para outros. No exterior, estão surgindo redes sociais para encontrar o parceiro ideal para os negócios.


CoFoundersLab
Pioneiro nesse tipo de negócio, o CoFoundersLab funciona desde 2011 e conta com uma base de 10 mil empreendedores. Ele funciona como um site de namoros, em que o usuário preenche um formulário com suas características e as do cofundador desejado. A aplicação enumera também todos os benefícios que um determinado usuário pode trazer, como conexões, capital e tempo dispostos a investir em um negócio. Um serviço premium, com mensalidade de US$ 50, traz outras ferramentas, como filtros e recomendações.


Tech Cofounder
Fundado também pela CoFoundersLab, o Tech Cofounder funciona de forma semelhante, mas tem como foco apenas sócios de empresas nascentes de tecnologia. Com uma arquitetura mais simples que a do irmão maior, disponibiliza um diretório para empreendedores encontrarem um sócio técnico, como um desenvolvedor. Os interessados podem se inscrever gratuitamente e ser contatados diretamente pelos empreendedores, sem a necessidade de uma intermediação.

FounderDating
O serviço, lançado em 2012, só pode ser usado por convidados, como eram vários serviços em fase inicial (como o Gmail, quando começou a funcionar). Quando abre o aplicativo, o usuário visualiza uma seleção de potenciais cofundadores, tem acesso a empreendedores de outras cidades e fóruns de discussão. Cerca de 50% da base de empreendedores listados são engenheiros.

O enfoque inicial se concentrou nos principais ecossistemas de startups nos Estados Unidos, como o Vale do Silício e Nova York. Mas outros lugares também já contam com uma rede na plataforma. Uma cidade pode ser adicionada quando 75 startups interessadas enviam suas informações. Quando isso ocorre, a empresa designa um gestor para aquela localidade. Além da busca por empreendedores, existe a ferramenta FounderDatingEducation, voltada para acadêmicos e pesquisadores buscando parceiros.

Founder2be
Criada por ex-funcionários da Nokia, a startup finlandesa tem uma base de 14 mil empreendedores e já formou parcerias na Finlândia, no Reino Unido, nos EUA, na Alemanha e na Espanha. A plataforma exige que os usuários criem um perfil detalhado com suas informações, como locação, habilidades, tempo, áreas de interesse e antigos projetos executados. Um algoritmo reúne grupos com mais potencial de adequação. Se a startup ainda estiver na fase conceitual, o Founder2be permite que os empreendedores submetam suas ideias para debate em um fórum.

Uma parceria com a Global Alliance Program, uma associação de suporte ao empreendedorismo, permite ligação com incubadoras, aceleradoras e organizações acadêmicas.


Fonte: PEGN

 
Versão para impressão Enviar para um amigo

« voltar
Assinantes
Usuário
Senha
 




 
 
Política de Privacidade   |   Termos de uso
Copyright © 2009 - Administro - O Portal do Administrador de Sucesso. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução, publicação, distribuição, cópia, ou qualquer outra forma de utilização do conteúdo sem autorização por escrito dos editores.